Um(a) artista visual do Distrito Federal terá a oportunidade de participar de uma residência artística na cidade do Porto, em Portugal, entre setembro e outubro deste ano. A iniciativa é parte das ações para celebrar Brasília como Capital Ibero-americana das Culturas em 2022 e foi proposta pelo Coliseu Porto Ageas e o Camões - CCP Brasília, órgãos do governo português, com o apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) e do Escritório de Assuntos Internacionais do DF. As inscrições para a chamada pública começam nesta quarta-feira (15.6).

Integrante da Plataforma InResidence, financiada pela Câmara Municipal do Porto, a residência artística também celebra o bicentenário da Independência do Brasil e o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922. Poderão participar profissionais com atuação nas áreas de desenho, pintura, escultura, fotografia, joalheria, ou outra área das artes visuais, e que residam no DF há pelo menos três anos. O artista contemplado contará com deslocamento, hospedagem, apoio técnico, de produção e comunicação, além de cachê no valor de 2 mil euros.

 

Saiba mais sobre a plataforma InResidence Porto

A residência artística ocorrerá na cidade do Porto, no noroeste de Portugal, entre 15 de setembro e 15 de novembro, sendo este também o prazo final para que o artista selecionado apresente relatório da ação realizada, incluindo proposta de partilha e divulgação no Porto e em Brasília dos resultados da experiência artística, que pode ou não ter caráter expositivo, conforme a natureza da obra desenvolvida.

 

SELEÇÃO

As candidaturas serão analisadas por comitê de seleção formado pelos seguintes membros: o artista, docente e curador de arte José Maia, representando Portugal; e pelo Brasil, o gerente do Museu de Arte de Brasília, Marcelo Jorge, e a analista de atividades culturais do Espaço Cultural Renato Russo, Luciana Ribeiro, ambos servidores da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Os interessados deverão efetuar a inscrição no período entre 15 e 30 de junho, encaminhando ao e-mail residencia@coliseu.pt a documentação necessária, que consiste em documentos de identificação e de contato, comprovante de residência no DF, curriculum vitae e/ou portfolio (até três páginas) e memória descritiva do projeto ou processo artístico a desenvolver na residência (com, no máximo, três páginas).

As propostas devem ter pertinência com um dos três temas do projeto: Independência do Brasil, bicentenário da Semana de Arte Moderna ou ainda Brasília – Capital Ibero-americana das Culturas.

O resultado do chamamento tem publicação prevista para 31 de julho de 2022.

Mais informações podem ser obtidas no site www.coliseu.pt.

  • Partilhe